ESPECIAL "REBELDES PARA SEMPRE" ASSISTAM!!

quinta-feira, outubro 20, 2011

Para Adriana Garambone, Eva Messi é uma mãe adolescente

Para Adriana Garambone, Eva Messi é uma mãe adolescenteEva Messi é uma mãe pouco convencional. Interpretada pela atriz Adriana Garambone, a personagem tem um jeito nem sempre muito maduro de lidar com os problemas que aparecem no seu dia a dia. No entanto, ela não esconde o amor incondicional pela filha.

Para falar sobre a personalidade de Eva, Adriana conversou com o R7 e comentou, entre outras coisas, sobre sua relação com a música, que é bem forte na novela.

- Eu sou atriz de musical, então eu faço aula de canto, eu estudo muito em cima dessa técnica americana de cantar, que é uma maneira direcionada para o musical, mas eu não eu não sou cantora, não tenho nenhuma pretensão de ser cantora solo.


Vale lembrar que, além de mãe, Eva é uma grande amiga de Roberta em Rebelde, o que acaba resultando em uma relação pouco comum entre as duas. Muitas vezes, aliás, é a própria filha que aconselha Eva nos assuntos sobre a vida. Em relação a isso, Adriana diz que, na vida real, é preciso achar o tom certo na hora de educar o filho.

- Ah, a Eva é uma mãe adolescente, né? Muitas vezes, ela se comporta de maneira mais adolescente que a filha. Ela se apóia muitas vezes na filha, porque acha que a filha é madura. Pergunta coisas para a Roberta que uma mãe geralmente não perguntaria (conselho de vidas, essas coisas). É uma postura bastante imatura dela. Na minha opinião, não é a melhor forma de ser mãe. Essa amizade, entre aspas, é na verdade uma falta de limites da própria Eva. Eu acho que mãe tem que ser mãe. E a Eva passa desse limite um pouquinho. Não que não possa ser amiga, mas adolescente precisa de direcionamento, de limite - e é a mãe que dá.

Por conta dessa proximidade entre as duas, vários momentos bacanas nasceram do imenso carinho de Eva por Roberta. Quem não se lembra, por exemplo, de que foi a cantora quem deu toda a força para o surgimento da banda, fazendo inclusive com que o grupo abrisse um de seus shows.

E toda essa alegria também acontece nos bastidores. Adriana, por exemplo, fez questão de dizer que adora atuar com Lua Blanco.

- É ótimo. Ela é ótima atriz. A gente sempre faz cenas boas, engraçadas. Eu acho bem legal, estou gostando muito de trabalhar nesse papel.

Como resultado dessa animação, interpretar Eva Messi acaba sendo um grande estímulo para Adriana, que está acostumada a interpretar papeis mais densos, com uma carga maior de dramaticidade.

- Ela [a Eva], para mim, é um personagem muito divertido. Eu venho de uma série de personagens densos, dramáticos e que também foram maravilhosos. Mas a Eva tem uma leveza, eu me divirto muito nas gravações. Me divirto quando leio, quando estudo, gravando... Então, é por isso que eu tenho carinho: pela alegria que me traz.

Confiante que a banda Rebeldes vai repetir, na vida real, o mesmo sucesso que faz na telinha, ela ainda comenta que Eva vai continuar a acreditar nos sonhos da filha, em especial no que diz respeito ao grupo musical.

- Tudo o que a filha deseja, ela se coloca muito a favor. Ela confia no talento da filha, na maturidade da filha... Tem uma cena dela falando: “Ela é menor de idade, mas não é menor de mentalidade”. Ela acha a Roberta muito madura, muito segura e a apóia em tudo.

Por fim, voltando a falar sobre a relação entre Eva e Roberta, Adriana dá sua opinião sobre como os pais podem manter um relacionamento aberto e saudável com seus filhos, mas sem exageros.

- Eu acho que o adulto tem que passar experiência, a mãe tem que ajudar o filho de uma maneira mais madura. Amigos você pode ter muitos; mãe você só tem uma. A Eva poderia fazer mais esse papel de mãe. Ela é muito louquinha, irresponsável... Mas, como personagem, eu acho maravilhoso. Eu não quero que ela mude nunca. Quero que ela fique cada vez pior, cada vez mais doida. É um personagem ótimo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário