ESPECIAL "REBELDES PARA SEMPRE" ASSISTAM!!

sexta-feira, novembro 05, 2010

conheça um pouquinho a ANA TERRA irmã de LUA BLANCO

Os atores Lua Blanco (à esq.), Nando Velloso (ao fundo) e Ana Terra (à dir.) durante apresentação em bar no Rio de Janeiro (27/10/2010)
ANA TERRA e LUA BLANCO soltando a voz juntinhas!
A recordação musical mais antiga que Ana Terra guarda é de quando era criança e toda família se reunia e cantava junto. "Lembro do meu pai colocando a gente para cantar e as pessoas assistindo e adorando. Imagina ver seis crianças e uma família inteira cantando afinadinho?", lembra a atriz, que se refere aos irmãos Pedro Sol, Daniel Céu, Lua, Estrela e Marisol. Em tese a história se repete. Só que desta vez o palco é o de um bar, na zona sul do Rio de Janeiro, e nele estão Ana Terra, a intérprete de Ângela, de "Malhação", a sua irmã vocalista da banda "Lagrima Flor", e a também atriz, Lua Blanco e os integrantes André Sigaud, Rique Meirelles, Carol Cabral e Nando Velloso.

Para Ana Terra, cantar, assim como atuar, é uma forma de emocionar as pessoas. "Adoro o que eu faço e me sinto muito à vontade no palco", revela. Em "Malhação", Ana dá vida a uma adolescente doce, que é apaixonada pelo protagonista Pedro (Bruno Gissoni). Só que, para a tristeza da personagem, o rapaz não tem olhos para ela, e sim para Catarina (Daniela Carvalho). E isso deixa Ângela bastante incomodada.

Os laços de família falam alto quando Ana recebe algumas dicas da irmã Lua sobre o melhor tom para a canção que elas ensaiam. "Teve um show que cantei "Não Me Deixe Só", da Vanessa da Mata, foi muito legal. Sambei no palco. Foi bem maneiro. Se me chamassem para cantar "Lágrima Flor", do meu avô Billy Blanco, eu cantava. Mas não me chamaria para cantar algo sem ensaiar. Eu até faria, mas é melhor ensaiar antes", destaca a atriz, que ensaia as músicas "Chega de Saudade", de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, e "O Que é, O Que é?", de Gonzaguinha.

Ana Terra conta que a música começou em sua vida por influência do avô Billy Blanco --que teve parceiros como João Gilberto, Baden Powell e Tom Jobim-- e dos pais, também músicos, Billy Blanco Jr. e Maria Cláudia Blanco. "Desde os seis anos eu toco piano. Fiz cinco anos de aula, parei. Fiz mais cinco e parei. Agora estou sem tempo para praticar, mas quando tenho, sempre o faço. Violão eu arrisco alguns acordes, mas por enquanto nada muito sério", conta a atriz, que adora cantar músicas da Bossa Nova e que é fã da cantora Alicia Keys.

Mesmo encarando o canto como diversão, Ana Terra já considerou ter sua própria banda. "Mas o estilo que gosto é muito especifico. Prefiro uma música mais calminha. Tipo a que meu avô fazia e que escuto desde pequena", revela a atriz, que destaca a canção "Teresa da Praia" como uma de suas favoritas entre as composições de seu avô. No ar em "Malhação", Ana nega uma possível semelhança com a também atriz e cantora Marjorie Estiano, que, em 2004, interpretou Natasha, uma jovem que tinha uma banda na novelinha jovem. "Cantar é a minha diversão, mas ela canta muito. Não vou nem comparar, mas se eu tivesse tempo, acho que dava para melhorar", conta aos risos.

Sobre o futuro de sua personagem no folhetim da Globo, Ana dá alguns palpites. "Tenho quase certeza que ela pode usar roupas mais provocantes. Acho que vai rolar uma mudança no comportamento, na roupa, em tudo, porque quando não se consegue nos métodos tradicionais, vai para os mais provocativos. Enfim, 'Malhação' é longa, vai rolar muita coisa ainda", arrisca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário